Não há tempo a perder!

[-] Texto [+]
23/06/2017 | Autor: Glaucio Neves
Em um mundo em tempo real e hiperconectado o bom uso do tempo é variável central para o sucesso. Aqueles gestores que desejam entregar resultados e querem deixar um bom legado em termos de melhoria da qualidade de vida da população precisam acelerar o passo.

Para lidar com essa restrição, mais do que nunca, os governantes precisarão ter foco, disciplina e agir com planejamento e inovar para fazer as escolhas acertadas e implementá-las com competência.

Dentro deste contexto de restrições crescentes e de necessidade de incutir senso de urgência para acelerar a execução, quais são os fatores-críticos que os gestores públicos devem ficar atentos? O que fazer e o que não fazer, sob pena de se passar o mandato inteiro somente "apagando incêndios" diários?