Goiás é o 3º estado com o melhor desenvolvimento social do Brasil, diz estudo

[-] Texto [+]
24/12/2016 | O Popular
Empresas vão injetar R$4 bilhões na economia goiana e gerar mais de 50 mil postos de trabalho

 Goiás é o terceiro estado com melhor desenvolvimento social do País, entre 2004 e 2014, de acordo com estudo realizado pela consultoria Macroplan, com dados do IBGE e publicado no site da revista Exame. O índice de desenvolvimento social é baseado em indicadores como menor pobreza e menor desigualdade. O líder do ranking é o estado de Santa Catarina. A região Centro-Oeste é destaque com Mato Grosso e Mato Grosso do Sul ocupando a 4ª e 5ª colocações, respectivamente.

Uma das coordenadoras da pesquisa da Macroplan, a consultora Adriana Fontes, disse que a melhora na região também aconteceu devido ao desempenho do mercado de trabalho. ?Há elevada participação no mercado, elevada taxa de ocupação e baixo desemprego?, disse ela à revista Exame.

Em 2016, dados do Ministério do Trabalho mostram Goiás como o estado que mais gerou empregos no Brasil, mantendo a média dos últimos anos. Enquanto a maioria dos estados enfrenta grave crise econômica, Goiás cresce acima da média nacional e continua atraindo empresas e novos investimentos.



Nesta semana, o governador Marconi Perillo assinou protocolo de intenção para instalação de unidades de cinco empresas no Estado a partir de 2017. O investimento gira em torno de R$ 500 milhões e a expectativa é que 50 mil empregos sejam criados.

Com a captação destes investimentos, Marconi encerra o segundo ano deste quarto mandato à frente do Governo de Goiás com 44 protocolos de intenções assinados com empresas de capital nacional e estrangeiro, de médio e grande porte, que estão se instalando no Estado. Todos os investimentos privados captados por Marconi e formalizados junto ao governo, este ano, somam quase R$ 4 bilhões injetados na economia goiana, além de geração de mais de 50 mil postos de trabalho diretos e indiretos. ?É por meio da parceria entre setor público e privado que vamos vencer a crise, gerando emprego para a população?, afirmou o governador.

Goiás também virou referência em todo o País devido à sua rede proteção social, que é uma das marcas dos governos de Marconi Perillo. Programas como o Renda Cidadã e Bolsa Universitária inspiraram a criação do Bolsa Família e ProUni. Só o Bolsa Universitaria já contemplou em Goiás mais de 160 mil estudantes.

Neste ano, o presidente Michel Temer (PMDB) usou outro programa social de Goiás como modelo. O Cheque Mais Moradia serviu de inspiração para a criação do Cartão Reforma, lançado em novembro, e que vai auxiliar famílias carentes na reforma de suas residências.