Educação e Infraestrutura para a Competitividade

[-] Texto [+]
15/07/2010 | Alexandre Mattos e Glaucio Neves
As deficiências do setor de transporte nacional e o déficit da mão de obra qualificada são os principais responsáveis pela perda de competitividade do Brasil. Essa é a conclusão do estudo "Educação e Infraestrutura para a Competitividade e o Desenvolvimento Sustentável do Brasil", assinado por Alexandre Mattos e Glaucio Neves. A análise destaca que o adiamento de novos investimentos em educação e infraestrutura nas quatro modalidades - rodoviário, ferroviário, portuário e aeroviário - não somente acentuará os gargalos existentes como, no médio prazo, comprometerá a sustentabilidade do crescimento do país.


 
Download
Educação e Infraestrutura para a Competitividade e o Desenvolvimento Sustentável do Brasil