Alinhamento Organizacional

Desde a virada do século [XX], os desafios têm se tornado mais numerosos e complexos, o alcance do ambiente relevante tem se ampliado e a velocidade de mudança tem se acelerado."
H. Igor Ansoff

O QUE O ALINHAMENTO ORGANIZACIONAL AGREGA AS INSTITUIÇÕES

O Alinhamento Organizacional possibilita que sejam definidas e implementadas mudanças capazes de aumentar a capacidade de resposta das diversas instituições frente aos desafios externos e de gestão do seu ambiente de atuação, visando à melhoria do desempenho e sua capacidade de produzir resultados.

Racionalização da divisão e da coordenação do trabalho; otimização dos processos de trabalho; maior agilidade e melhoria da qualidade das decisões estratégicas; maior focalização e melhor utilização das competências e recursos disponíveis são os principais benefícios da adequação e alinhamento do modelo organizacional de qualquer instituição.

ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA

Desafios associados tanto ao aumento da turbulência do ambiente externo quanto de sua complexidade interna demandam às organizações uma capacidade rápida de resposta a mudanças. As organizações se vêem freqüentemente diante da necessidade de adequar seus modelos organizacionais - para alinhar a estrutura formal, os processos decisórios e de trabalho e os sistemas e estilos gerenciais - em resposta às novas e futuras condições prevalecentes em sua estratégia e em seu ambiente de negócios.

A METODOLOGIA

A metodologia Macroplan de Alinhamento Organizacional compreende basicamente seis etapas:
  • Identificação dos desafios do ambiente externo e das estratégias e resultados pretendidos, com vistas à definição de premissas e diretrizes para o redesenho de seu modelo organizacional;
  • Diagnóstico: avaliação da configuração atual da organização, com ênfase em atributos como estrutura (mecanismos de divisão e coordenação formal do trabalho), processos e métodos de trabalho, cultura, relações de poder, competências essenciais e estilos gerenciais;
  • Análise comparativa (benchmarking) da configuração organizacional de empresas líderes no campo de atuação do cliente ou de organizações de referência;
  • Formulação de alternativas: identificação das mudanças organizacionais necessárias e concepção de alternativas de reconfiguração;
  • Desenho do modelo organizacional selecionado: detalhamento da estrutura, concepção de mecanismos complementares de integração (como processos, sistemas de planejamento e monitoramento, comitês multidisciplinares) e especificação das competências essenciais e recursos necessários à sua implementação; e
  • Implementação do modelo organizacional por meio do desenvolvimento de um conjunto integrado de ações para promover e consolidar as mudanças requeridas pela instituição.